Parlamento Jovem de Muzambinho realiza 1º Plenária hoje, dia 23 de setembro

23.09.2021

Plenária será transmitida pela Câmara através do Facebook.

O Parlamento Jovem, iniciativa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), por meio da Escola do Legislativo (ELE), é realizada em parceria com diversas câmaras municipais mineiras. É um programa de formação política voltado aos estudantes do ensino médio dos municípios mineiros. Em 2021, a temática é Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Em Muzambinho, o Parlamento Jovem está com a primeira edição e os jovens vão realizar a primeira plenária nesta quinta-feira, dia 23 de setembro. 

Em entrevista para a redação da Rádio Atividade FM, o presidente da Câmara Municipal de Muzambinho, o vereador Gilmar Labanca, explicou que em 2009, foi criada em Muzambinho a resolução que permitiu que a Escola do Legislativo e o Parlamento Jovem fossem implantados na Câmara Municipal, mas o projeto na ocasião não foi levado adiante e que agora na legislatura 2021 a 2024, foi retomado.

Gilmar explicou que em Muzambinho, os coordenadores (presidente, vereadores e assessores), procuraram as escolas para implantar o projeto, e através de palestras, oficinas, debates, os jovens passam a visualizar como que é a ação parlamentar, a conhecer o legislativo e elaborar propostas dentro do tema. Essas propostas são apresentadas e discutidas em uma plenária municipal, que acontece hoje (23), onde as selecionadas vão para uma plenária regional, que será realizada em Poços de Caldas e por fim, se selecionadas, passam para a plenária estadual, a ser realizada na Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

A assessora da Câmara Thaísa Vieira, é uma das coordenadoras do projeto em Muzambinho e explicou que o Parlamento Jovem já existe há 18 anos e a temática de 2021 é Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. O tema é sempre escolhido e votado pelos jovens no ano anterior. 

Thaísa também explicou que somente alunos do Ensino Médio podem participar do parlamento jovem e que em Muzambinho, são alunos do Ensino Médio da Escola Estadual Professor Salatiel de Almeida, Colégio Lyceu e Campus Muzambinho do IFSULDEMINAS.

Thaísa ressaltou que o “objetivo do projeto não é formar futuros parlamentares, mas educar sobre o trabalho do legislativo, sobre política e quem sabe resultar em bons eleitores, com consciência crítica, política e analítica”, disse. O projeto envolve não só a Câmara, mas os professores do Ensino Médio das escolas participantes. Ela também informou que a plenária regional acontece dia 08 de outubro e a estadual acontecerá dia 19 de novembro. 

Os objetivos principais do Parlamento Jovem de Minas, de acordo com a Assembleia são:

• Estimular a formação política e cidadã de estudantes do ensino médio, por meio de atividades que os levem a compreender melhor a organização dos Poderes, especialmente do Legislativo, e a importância da participação popular no Parlamento.

• Incentivar o envolvimento das câmaras municipais em atividades de educação para a cidadania e fortalecer o Legislativo municipal.

• Propiciar espaço para vivência em situações de estudos e pesquisas, debates, negociações e escolhas, respeitando-se as diferentes opiniões.

• Levar os jovens a se interessarem pela agenda sociopolítica de seu município e pelo exercício da participação democrática na discussão e decisão de questões relevantes para a comunidade.

Gilmar ressaltou ainda que o Parlamento Jovem precisa ser incentivado, pois as propostas apresentadas pelos jovens, podem se tornar leis em todo o estado.

A cada ano, os jovens escolhem um tema de relevância social e vivenciam atividades de estudo, debates e deliberação que contribuem para sua formação política. 

Para a aluna do Ana Clara Oliveira de Paula, do Campus Muzambinho, o projeto é “uma oportunidade de entender o que é ser cidadã e como poder exercer a cidadania de fato, de uma maneira mais efetiva, além de ser uma oportunidade de conhecer as funções das pessoas que ocupam cargos políticos em nível municipal, estadual e federal, além de ter interação com outros alunos e elaborar propostas que podem se tornar realidade”, disse.

Já a aluna Sophia da Graça Magalhães, da Escola Estadual Professor Salatiel de Almeida, disse que o projeto representa jovens na política, ajuda a conscientizar sobre a política e sobre a realidade do que está acontecendo em Muzambinho e em outras cidades.

Para a professora e vereadora Sandra Marques, o projeto é de extrema importância para os jovens, “acredito que quando capacitamos o legislativo e empoderamos os nossos jovens ao conhecimento da política, toda nossa sociedade se fortalece”, disse a vereadora. 

A plenária acontece nesta quinta-feira, dia 23 de setembro, as 18h, com transmissão pelo Facebook da Câmara Municipal de Muzambinho.

Jovens que participam do Parlamento Jovem em Muzambinho: