ACE de Muzambinho cobra fiscalização da Prefeitura para vendedores ambulantes e sacoleiras

16.04.2014

Com atuação de vendedores ambulantes os empresários da cidade se sentem lesados, a prefeitura promete intensificar a fiscalização

A Presidente da Associação Comercial de Muzambinho – ACE, Teia Dias, juntamente com Patrícia Magalhães visitaram o gabinete do Prefeito Municipal Ivan de Freitas nesta terça-feira (15), para pedir fiscalização sobre a atuação de vendedores ambulantes e sacoleiras na cidade, o secretário da Fazenda, Paulo Bócoli, também participou do encontro. 

 

As representantes da associação, em documento entregue a prefeitura, relatam que receberam várias reclamações vindas de empresas associadas da cidade, pois vários vendedores ambulantes vindos de cidades vizinhas estariam atuando nos pontos comerciais oferecendo produtos industrializados, que são produtos sem o selo da Vigilância Sanitária do Município, o que pode vir a prejudicar a saúde dos consumidores. 

 

Ao receber o documento, o prefeito Ivan de Freitas encaminhou ao Secretário Paulo Bócoli e solicitou intensificação na ação dos fiscais juntos aos vendedores ambulantes.

 

O secretário disse que o Fiscal aprovado no concurso já esta trabalhando ao um mês e o mesmo fará fiscalizações durante os finais de semana. Paulo destaca que se a fiscalização apontar comércio ilegal, as mercadorias poderão ser apreendidas, e se houver resistência dos vendedores a Polícia Militar poderá ser acionada, além dos consumidores que compram esses produtos podem ser vitimas de produtos sem antecedentes, podendo ser até roubados. 

 

Aos vendedores ambulantes antes de iniciarem o trabalho, devem procurar a Prefeitura Municipal de Muzambinho no setor de Tributos, rua Luís Carlos Prestes, 246, para receber a orientação necessária para sua atuação legal na cidade.

Compartilhar

Fonte - Redação Atividade FM Autor - Fagner Passos

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO