Após ser picado por uma abelha, jovem de Alterosa fica em estado vegetativo e família pede ajuda

06.01.2017

Policiais e um site de notícias da cidade realizam campanha para ajudar o jovem.

Os policiais e o site de notícias Alterosa na Web realizam campanha na cidade de Alterosa para ajudar o jovem Paulo Rogério Nogueira Ruela, de 24 anos. Conhecido como Rogerinho, ele trabalhava em Campinas (SP) e ao beber refrigerante foi picado na garganta por uma abelha que estava na lata em junho de 2015. 

 

Alérgico, ele sofreu um choque anafilático, reação grave que surge poucos instantes após estar em contato com a substância a que se tem alergia. Rogério teve parada respiratória e falta de oxigênio no cérebro, o que resultou em sequelas irreversíveis. Sem movimentos, ele se alimenta por sonda e só respira por causa de um procedimento de traqueostomia a que foi submetido. 

 

Atualmente com a família em Alterosa ele depende da ajuda financeira e de parentes para sobreviver, deitado em uma cama em estado vegetativo. A mãe de Rogerinho é conhecida por “Neuzinha” e tem o auxílio de uma enfermeira paga pela prefeitura da cidade para cuidar do filho. Fraldas descartáveis tamanho extra grande, latas de Sustagem, leite longa vida ou alimentos para cestas básicas são os itens que a família mais precisa. 

 

As doações podem ser entregues no quartel da Polícia Militar de Alterosa, na Rua Padre Hipólito, 64, Centro; na sede do site Alterosa na web, na Rua São Vicente, 1028. Mais informações podem ser obtidas através dos telefones 9.9724-2571 ou 3294-1415, com Vinícius Campos.

 

 

Fotos: Reprodução Rede Social

Compartilhar

Fonte - O Melhor do Sul de Minas Autor - Monica Colombo

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO