Alunos do IFSULDEMINAS - Campus Muzambinho embarcam para iniciar semestre letivo no exterior

26.08.2016

Alunos foram selecionados em programa de intercâmbio. O embarque para o exterior ocorreu no início do mês de agosto e o retorno está previsto para dezembro de 2016.

30 estudantes dos campi de Inconfidentes, Machado, Muzambinho e Pouso Alegre foram selecionados pelo edital de Mobilidade Estudantil e foram contemplados com bolsas de estudos em cinco diferentes países: Argentina, Peru, Uruguai, Colômbia e México. 

 

Neste ano, o programa de Mobilidade do IFSULDEMINAS completa sua quarta edição. Por meio dos convênios com universidades estrangeiras, firmados pela Assessoria Internacional, a experiência de graduação sanduíche terá duração de um semestre letivo.

 

Os alunos cursarão disciplinas relacionadas aos seus cursos de graduação. O embarque para o exterior ocorreu no início do mês de agosto e o retorno está previsto para dezembro de 2016.

 

Seleção

Os aprovados foram selecionados via edital de mobilidade, quando foram analisados e pontuados os currículos dos mesmos. A pontuação refere-se à participação em projetos de pesquisa, extensão, inovação; participação em eventos técnico-científicos; monitoria; estágios; curso de espanhol via e-Tec Idiomas ou outros cursos particulares. 

 

Para essa edição, os intercambistas serão mais exigidos no que diz respeito ao feedback da experiência vivida fora do país. Segundo a assessora internacional do IFSULDEMINAS, Narayana de Deus Nogueira Bregagnoli, são itens obrigatórios: cursar cinco disciplinas; obter aprovação; não trancar o curso ou transferir de IES ao retornar do intercâmbio.

 

Ela explica que essas exigências "são formas de dar retorno à instituição e à comunidade acadêmica daquilo que aprenderam e podem trazer para aprimorar os cursos e as ações desenvolvidas no IFSULDEMINAS”.

 

Experiências
A aluna do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do Campus Muzambinho, Allyne Pongo Menezes, viajou para o México e já iniciou os estudos na Universidad de Quintana Roo – Campus Chetumal, onde cursa Manejo de Recursos naturais. Ela conta que chegou no dia 8 de agosto e se encantou com o país e com a universidade. “Minhas aulas começaram no dia 15, porém, durante a primeira semana, foram realizadas atividades de recepção dos novos alunos e dos intercambistas, tivemos aulas sobre a estrutura da universidade e nos mostraram como tudo funciona, foi explicado o que fazer em caso de algum problema e quais são nossos direitos. E ainda foram realizados jogos de recepção dos alunos, nos quais os veteranos puderam conhecer os novatos e interagir com atividades culturais e esportivas”, contou.

 

A intercambista explica que, em sua sala de aula, há pessoas de diversas culturas, como China e Colômbia. Ela comenta que seu objetivo com o intercâmbio é aprender novas culturas, estudar e absorver todo conhecimento possível. “Não tem como descrever o quão importante é o intercâmbio. Já abriu portas para conhecer novas culturas, novos costumes e continuará abrindo depois que eu retornar ao Brasil, pois é algo que conta muito no currículo. É uma experiência que nos fortalece não só academicamente, mas também crescemos pessoalmente”.

 

Já o estudante Yan Figueiredo Foresti chegou no Uruguai no dia 2 de agosto e está morando em Montevideo. No Brasil, ele cursa Educação Física no Campus Muzambinho. Já na Universidad de la Republica no Uruguai, optou por cursar seis matérias que não possui em sua grade, como o rugby. “O curso de Educação Física em Montevideo possui duas sedes. Os professores são muito bons e a postura dos estudantes aqui é diferente, a meu ver, eles parecem mais centrados e maduros. Meu objetivo com o intercâmbio é aperfeiçoar o espanhol ao máximo, focar em meus estudos, que estão centrados na área de treinamento esportivo, conhecer a cultura uruguaia e participar da maior quantidade de eventos possíveis”, declarou. Para Yan, o intercâmbio possibilita um novo olhar de mundo, “ter essa experiência é muito importante, pois é possível conhecer novas pessoas, adquirir novos conhecimentos, aperfeiçoar profissionalmente e levar muita bagagem boa para o Brasil”.

 

"Consideramos que essa vivência no intercâmbio trará muitas oportunidades de crescimento pessoal e profissional a todos alunos, uma vez que estudar no exterior inclui aprender a se virar por conta própria, vivenciando uma outra língua, tendo que se adaptar às regras e cultura local, algo que traz uma oportunidade de crescimento pessoal sem dimensão. Com relação ao crescimento profissional, eles terão oportunidades de não só adquirir novos conhecimentos e conhecer novas formas de aprendizado como também de estarem em contato com alunos e professores/pesquisadores de diversas partes do mundo, que podem trazer, futuramente, oportunidades de parcerias", comenta a professora Narayana. 

 

Sobre o programa
O programa de Mobilidade Estudantil é desenvolvido com recursos próprios do IFSULDEMINAS. Os estudantes selecionados recebem repasse financeiro para custear suas despesas de alojamento e alimentação, em forma de auxílio, para intercâmbio estudantil de 4 meses, com instituições internacionais de Ensino Superior em países como Argentina, Peru, Uruguai, Colômbia e México. Em anos anteriores, países como Portugal e Espanha também já foram destino dos intercambistas.

 

(Foto IFSULDEMINAS Campus Muzambinho)

 

 

*Foto: IFSULDEMINAS Campus Muzambinho.

Compartilhar

Fonte - IFSULDEMINAS - Campus Muzambinho

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO