Prefeito de Muzambinho fala sobre a interdição do Matadouro

22.05.2014

Local será interditado até que todas as exigências e normas sanitárias sejam atendidas pelo arrendatário.

O Prefeito Municipal de Muzambinho, Professor Ivan de Freitas, veio a público para comentar a interdição do abatedouro municipal, determinada pelo SIM – Serviço de Inspeção Municipal e que tem gerando polêmica entre os profissionais do ramo e os políticos locais.

 

Em seu programa semanal de WebTV, o Prefeito fez uma análise da situação ambiental e legal dos dias atuais. Segundo o Chefe do Executivo, quando o Matadouro foi construído pelo então Prefeito Marco Regis, todas as instalações atendiam às exigências sanitárias da época, mas que hoje, a legislação e a consciência ambientais mudaram. Para Ivan é inadmissível que o abatedouro continue despejando todos os seus dejetos diretamente no rio que passa pelo seu entorno, como vem acontecendo até então, sobretudo quando está em construção a estação de tratamento de esgoto da cidade, que ficará em torno de 5 milhões de reais. O Prefeito falou também sobre a falta de um serviço de inspeção que garanta a qualidade da carne fornecida aos açougues locais pelo matadouro.

 

Ivan de Freitas se reuniu com os açougueiros da cidade na última terça-feira (20) e garantiu que a situação é tranqüila e que não haverá falta de carne nos estabelecimentos comerciais locais. O Prefeito também salientou que a interdição durará enquanto as normas sanitárias atuais não forem atendidas pelo arrendatário do matadouro.

 

No entanto, fontes ouvidas pela reportagem da Rádio Atividade, garantiram que o clima durante a reunião promovida na última terça-feira foi de insatisfação e preocupação por parte dos açougueiros locais, que temem um aumento no preço da carne.

Compartilhar

Fonte - Redação Atividade FM Autor - Evandro Moreira

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO