Balanço aponta que número de roubos cresceu 78% em Alfenas

29.07.2015

Seds fez levantamento entre os seis primeiros meses de 2014 e 2015. Moradores temem viver no município e pensam em se mudar de cidade.

Um levantamento da Secretaria Estadual de Defesa Social (Seds) mostra que Alfenas (MG) está entre as cidades mineiras que mais registraram roubos durante o primeiro semestre deste ano em Minsa Gerais. O balanço aponta que 372 roubos ocorreram na cidade. O aumento na comparação do mesmo período entre 2014 e 2015 foi de 78%. No ano passado foram registrados 208 casos de roubo. A estatística preocupa os moradores e vítimas da violência.

 

Os dados mostram ainda que proporcionalmente, 1 a cada 210 moradores já foi vítima de roubo. Segundo o levantamento, é como se ocorressem dois roubos por dia na cidade, que tem atualmente 80 mil moradores.  Alguns já pensam até mesmo em se mudar.

 

“Eu penso em me mudar de Alfenas, por aqui está muito violento. Não dá mais para viver” disse o cuidador de pacientes psiquiátricos, Thalles Roberto de Andrade, que foi assaltado duas vezes em menos de dois meses.

 

O primeiro roubo ocorreu quando suspeitos armados entraram na casa dele e levaram computador e aparelhos eletrônicos. Na segunda vez, ele foi abordado dentro de uma loja. “O criminoso estava armado e fez eu e os demais clientes deitarmos no chão. Depois disso, fiquei traumatizado. Agora só fico trancado em casa, tenho muito medo”, relatou.

 

A estudante Poliane Luiza Taveira também pensa o mesmo. “Eu tenho medo de sair na rua aqui na cidade. Eu estava na rua e um homem chegou com um canivete para me roubar. Ele levou meu celular, fiquei traumatizada”, comentou.

 

Questionada, a Polícia Militar afirma que os casos de roubo na cidade têm ligação com o tráfico de drogas e que por isso as ações de combate ao crime aumentaram. “Nós já reforçamos o policiamento nas áreas mais críticas”, relatou o tenente da PM, André Caselato Calais.

 

Mesmo assim a população está com medo. “Eu já mudei a rotina, agora, só andamos em grupo, não carregamos mais muitas coisas e não ficamos na rua até tarde”, comentou a estudante Nayara Nadaleti.

 

Varginha é a cidade com maior índice de homicídios. Outras cidades do Sul de Minas também aparecem no levantamento da Seds com crimes violentos. Na região, Varginha (MG) foi a que mais registrou homicídios durante o primeiro semestre deste ano.  Foram nove casos no município. Em Lavras (MG), foram registrados seis homicídios, cinco emPouso Alegre (MG), Itajubá (MG) eGuaxupé (MG). Em Passos (MG) foram registrados quatro homicídios, assim como em Santa Rita do Sapucaí (MG).  Já Poços de Caldas (MG) registrou apenas três.

 

Já nos casos de tentativas de homicídio, Pouso Alegre foi a cidade com mais registros: totalizou 15 somente neste primeiro semestre.  Lavras registrou 10, seguida por Poços de Caldas com nove casos. Alfenas (MG) registrou seis tentativas, Três Corações (MG) registrou cinco e Passos (MG) quatro.

 

De janeiro a junho de 2014, foram registrados 1.731 crimes violentos no Sul de Minas. No mesmo período de 2015, esse número saltou para 2.018 crimes. O aumento foi de 16,5%.

 

* Foto: Alfenas Hoje

Compartilhar

Fonte - G1 Sul de Minas

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO