Aumento de focos da dengue preocupam agentes de Muzambinho e região

15.05.2015

Vigilância pede a colaboração dos moradores para combater a proliferação do mosquito. Confira os últimos dados divulgados nas cidades da região.

Mesmo não tendo confirmado nenhum caso de dengue, os moradores de Muzambinho (MG) precisam ficar atentos.

 

Segundo o coordenador de vigilância epidemiológica de Muzambinho, Fábio Vasconcelos Prado, o alerta é para que haja uma maior colaboração por parte dos moradores. De acordo com um comunicado divulgado pela vigilância no começo do mês, a solicitação é que pelo menos uma vez na semana, faça-se uma vistoria nos imóveis, evitando ou removendo possíveis locais que acumulem água.

 

Na cidade, segundo o coordenador, ainda estão sendo encontrados muitos focos do mosquito transmissor em diferentes bairros, principalmente em casas. 

 

A preocupação da vigilância epidemiológica procede, visto que na região Sul de Minas os casos estão em crescimento. Mesmo com a temperatura mais amena, focos do mosquito Aedes Aegypti vem aumentando.

 

A Vigilância em Saúde de Muzambinho disponibiliza um telefone para denúncias de possíveis locais que merecem receber um agente público de saúde. O número é (35) 3571-3773. Outras informações podem ser obtidas através do e-mail vigilanciaemsaude.muz@hotmail.com ou na Avenida Doutor Américo Luz nº 216, no Centro. 

 

Dengue no Sul de Minas
Na região, os dados do relatório mostram que Guaxupé tem 30 confirmações e 336 notificações.

No começo de maio, 16 casos foram confirmados em Guaranésia. A cidade registrou 180 notificações, 107 aguardam o resultado de exames.  A vigilância epidemiológica da cidade está fazendo mutirão de limpeza no município.   

 

Em Cabo Verde, depois de três casos confirmados e 12 notificações, a prefeitura divulgou um decreto que tem ação imediata para impedir que a cidade entre em uma epidemia. O documento destaca que os terrenos das áreas urbanas devem permanecer limpos, sem entulhos, pneus ou outro material que possa acumular água, caso contrário, todo o gasto gerado para limpar o local deverá ser arcado pelo proprietário do terreno. A vigilância já realizou mutirão na cidade. 

 

No começo de março, Arceburgo registrava 70 casos de dengue confirmados e 247 suspeitos. A cidade foi uma das que receberam a Força Tarefa de Combate à dengue. A Secretaria Estadual de Saúde priorizou locais próximos às regiões com a divisa com o Estado de São Paulo.

 

Em Monte Belo, a Vigilância Epidemiológica alertou que os focos da dengue vêm aumentando, consideravelmente, na cidade. Já foram realizadas 6 notificações, com 3 casos confirmados, 2 negados e um aguardando resultado. O órgão municipal, também já realizou mutirão em alguns bairros da cidade. 

 

Lavras tem o maior número de casos, com 1.432 confirmações. A cidade já tem 4.429 notificações de casos suspeitos. Em seguida, vem Três Pontas, com 512 confirmados e 1.529 casos suspeitos.

 

São Sebastião do Paraíso tem 429 confirmações e 1.391 casos notificados. Em Alfenas, o número de casos confirmados já alcança 349 e há 1,7 mil casos suspeitos sendo analisados.

 

Varginha confirmou 243 casos da doença e notificou 937 casos suspeitos. Em seguida, Poços de Caldas tem 223 casos confirmados de dengue e 430 notificações.

A cidade de Passos, que enfrentou uma epidemia de dengue no ano passado, este ano confirmou apenas 84 casos da doença e tem 1.030 casos suspeitos. 


Mortes na região
A Secretaria Estadual de Saúde confirmou a terceira morte por dengue no Sul de Minas na sexta-feira (8). Um homem de 58 anos estava com a doença e morreu no dia 27 de março em Três Pontas (MG).

 

Outras duas mortes pela dengue já haviam sido confirmadas no Sul de Minas, uma mulher de 57 anos, que morreu no dia 12 de janeiro em Três Pontas, e uma idosa de 67 anos, que morreu no dia 26 de fevereiro em Três Corações.

 

Em Minas Gerais
Informações divulgadas no último relatório da Secretaria Estadual de Saúde apontam que pelo menos 3.302 casos de dengue já foram confirmados no Sul de Minas em 2015. Mais de 11 mil casos suspeitos foram notificados até o início de maio deste ano. 

 

Ainda segundo a Secretaria Estadual de Saúde, foram confirmados 25.628 casos de dengue em Minas Gerais até o início de maio deste ano. Em 2014, foram confirmados 49.360 casos da doença e 51 mortes por dengue em Minas Gerais, 11 delas no Sul de Minas.

Compartilhar

Fonte - Redação Atividade FM / G1 Sul de Minas Autor - Fagner Passos

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO