Decreto prorroga medidas contra Covid-19 em Muzambinho até 30 de junho

15.06.2021

Dados foram divulgados ontem, pela prefeitura.

Ontem (14/06),. a prefeitura de Muzambinho prorrogou o decreto 2.459, de 28 de maio de 2021, que dispõe sobre as novas medidas de enfrentamento à pandemia da COVID-19, até o dia 30 de junho de 2021. 

Entre outros pontos, o decreto restringe a circulação de pessoas das 20h de um dia até as 5h do outro. 

Nos horários em que é permitida a circulação de pessoas, o decreto impõe a obrigatoriedade de uso do máscaras de proteção às pessoas. O equipamento deve ser utilizado em qualquer lugar fora das casas, segundo o documento.

O decreto também restringe o funcionamento do comércio.

  • Comércio varejista e prestadores de serviço: podem abrir das 5h às 20h, com 30% da capacidade, respeitando distanciamento de 3 metros e medidas sanitárias;
  • Bares e lanchonetes: podem abrir das 5h às 20h, com 30% da capacidade, respeitando distanciamento de 3 metros, mesas com até quatro cadeiras, delivery após o horário de fechamento, sem música ao vivo e medidas sanitárias;
  • Supermercados, padarias, açougues hortifrútis e congêneres: podem abrir das 5h às 20h, com 30% da capacidade, respeitando distanciamento de 3 metros e medidas sanitárias;
  • Serviços de atividades físicas: podem abrir das 5h às 20h, com 30% da capacidade, respeitando distanciamento de 3 metros e medidas sanitárias;
  • Postos de combustíveis: podem abrir das 5h às 20h respeitando medidas sanitárias;
  • Templos religiosos: podem abrir das 5h às 20h, com 30% da capacidade, respeitando distanciamento de 3 metros e medidas sanitárias;
  • As farmácias estão liberadas para funcionamento 24 horas por dia, conforme definiu a prefeitura no documento.
  • Segundo o decreto, continua proibida a realização de festas, eventos e reuniões familiares em casas particulares, na rua, repúblicas, clubes, buffets, casas de eventos, lojas, restaurantes, pesqueiros e congêneres, tano na zona urbana quanto na zona rural.
  • A prática de atividades esportivas coletivas em praças, locais turísticos e demais espaços públicos ou privados também estão suspensas.

O decreto ainda pontua que está prevista multa de até R$ 15 mil em caso de descumprimento das medidas pelos estabelecimentos comerciais. A prefeitura ainda destaca que sanções criminais também podem ser impostas.


Foto: Ilustrativa

Compartilhar

Fonte - Prefeitura de Muzambinho

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO