Vigilância de Muzambinho alerta sobre a venda e o consumo de produtos vencidos

16.12.2014

Consumidores e comerciantes devem ficar atentos, pois a comercialização e consumo podem trazer além de sanções penais, grandes prejuízos à saúde.

Há falta de tempo aliada à confiança que os consumidores depositam em certos estabelecimentos e produtos fazem com que os mesmos não prestem atenção em um item muito importante na hora de comprar os alimentos: a data de validade.

 

A utilização desses produtos em certos casos pode passar despercebida, pois seu aroma, coloração e sabor não aparentam ter sido modificados; por isso é importante o consumidor desenvolver a rotina de conferir a data no rótulo, evitando os perigos relacionados há utilização desses produtos.

Os comerciantes de maneira geral devem controlar de forma eficaz a validade de suas mercadorias estocadas, sendo assim diminuindo a perda de produtos, que em alguns casos é irreversível, além de evitar penalidades; que podem chegar a grandes valores, fornecendo assim um produto de qualidade ao seu cliente.

 

Segundo o Código de Saúde de Minas Gerais artigo 83; os estabelecimentos sujeitos ao controle e a fiscalização sanitária ficam obrigados a observar os padrões específicos de registro, conservação, embalagem, rotulagem e prazo de validade dos produtos expostos à venda, armazenados ou entregues ao consumo, alimentos ou produtos vencidos não podem ficar estocados, guardados ou acondicionados no mesmo local onde ficam alimentos próprios ao consumo humano.

 

A gravidade dos problemas acarretados pela utilização de produtos vencidos pode variar de pessoa para pessoa em função da quantidade consumida. Segundo especialistas as complicações mais comuns são intoxicação, infecções alimentares causadas por bactérias, diarréia, vômitos, calafrios, febre e em casos extremos o indivíduo pode chegar a óbito.

 

Por isso é importante que consumidores e comerciantes fiquem atentos a esses produtos, pois sua comercialização e consumo podem trazer além de sanções penais, grandes prejuízos à saúde de quem os utiliza, caso haja alguma dúvida, sugestão ou denúncia entre em contato com a Vigilância Sanitária pelo telefone 3571- 2282 ou vá à sede do departamento que fica localizado na Avenida Doutor Américo Luz, nº 216, Centro.

 

Compartilhar

Fonte - Redação Atividade FM Autor - Fagner Passos

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO